Categorias
Artigos

SOBRE A PRESENÇA/AUSÊNCIA DE DOLO NO CRIME DE GENOCÍDIO: uma falsa polêmica ou um verdadeiro acordão?

Nesta semana assistiu-se ao debate em torno da presença do termo “genocídio” no Relatório Final CPI mas a decisão dos Senadores foi a de recuar e isentar o Presidente da República desta responsabilidade. O que esse recuo nos diz sobre o Brasil, a CPI e o direito criminal?

Categorias
Reflexões

O CORONA, O CAPITALISMO E AS NOVAS VARIANTES: deus joga dados ou Nós é que não aprendemos nada?

Por Deivison Faustino*, agosto/2021 Não serei eu aqui, mero mortal, a julgar se Einstein estava totalmente errado, em sua carta a Max Born, em 1926, quando afirmou estar convencido de que deus não joga dados, tentando com isso refutar as premissas probabilísticas  e indeterminadas da mecânica quântica. Fato é que as respostas humanas diante pandemia do Novo […]

Categorias
Reflexões

Singularidade e Universalidade na filosofia kemética

O chamado “Livro dos Mortos”, com seus textos litúrgicos, revela a anterioridade dos Egípcios na apreensão da dialética entre a singularidade e a universalidade humana. É apenas por conta de uma noção de equivalente universal (representada pela pena da deusa Maat = Verdade, Justiça e ordem cósmica eterna) que é possível medir e julgar o coração do candidato à “akh”.

Categorias
Frantz Fanon Reflexões

96º aniversário de Fanon

Nesse 20/07/21, Fanon, se estivesse vivo, faria 96 anos. Sua obra, embora pareça estar “na moda” ainda é ignorada pelo chamado cânone acadêmico e político contemporâneo. Felizmente, tem sido cada vez mais difícil ignorar suas contribuições e atualidade. ALGUMAS DICAS DE LEITURA OBRE FANON

Categorias
PUBLICAÇÕES

EDUCAÇÃO

Malungo, que saudade loka daquelas aulas e bate-papos deliciosamente sensuais em quem a gente joga um jogo de dentro com os/as presentes ao falar e ser falado em sincronia com os seus movimentos e expressões corporais, olhares, críticas, dúvidas, complementos, interrupções e outras rasteirinhas dialógicas e dialéticas que nos deslocam para além de nós mesmos! CLIQUE EM “EDUCAÇÃO” PARA ACESSAR OS TEXTOS

Categorias
PUBLICAÇÕES

FANON

L’explosion n’aura pas lieu aujourd’hui. Il est trop tôt… ou trop tard. Je n’arrive point armé de vérités décisives. Ma conscience n’est pas traversée de fulgurances essentielles. Cependant, en toute sérénité, je pense qu’il serait bon que certaines choses soient dites. Ces choses, je vais les dire, non les crier. Car depuis longtemps, le cri est sorti de ma vie. Et c’est tellement loin… Pourquoi écrire [..] ? Personne ne m’en a prié. Surtout pas à ceux à qui il s’adresse. Alors ? Alors, calmement, je réponds qu’il y a trop d’imbéciles sur cette terre. Et puisque je le dis, il s’agit de le prouver. CLIQUE EM “FANON” PARA ACESSAR OS TEXTOS

Categorias
PUBLICAÇÕES

SAÚDE

ORAKA, CLAUDIA SIMÕES ; FAUSTINO. D. ; et. All. Raça e obesidade na população feminina negra: uma revisão de escopo. SAÚDE E SOCIEDADE (ONLINE), v. 29, p. 1-10, 2020. ACESSE AQUI FEFFERMAN, M. ; FAUSTINO, D. M., et. All. Temas em Saúde coletiva: Interfaces do Genocídio no Brasil: raça, gênero e classe. 25. ed. São […]

Categorias
Poesias

“ENCRUZILHADAS” DIT EN FRANÇAIS

(20/11/20) “Tenho sangrado demais, tenho chorado pra cachorro” “ano passado eu morri…” Há quinhentos anos eu morro!!!  “ano passado eu morri”, hoje novamente, eu morro!!!  “ano passado eu morri”, a cada soco eu morro!  “ano passado eu morri”… junto ao João Alberto, eu morro!  . Tenho sangrado demais, tratado pior que um cachorro;  sinto que eu […]

Categorias
Reflexões

O “livro dos mortos” e a relação entre o singular e o universal no Egito Antigo

O chamado “Livro dos Mortos” = “Prt m hru”  cujo a tradução mais precisa pode ser “Livro do sair para a Luz” ou “Saída para a Luz do dia” (escritos entre 4.300 3.300 anos atrás) é composto por um conjunto de cânticos litúrgicos e mandingas depositadas nos túmulos, juntos às múmias, para que  estas pudessem encontrar o […]

Categorias
Reflexões

Grandes BROTHERS .

Era uma vez um povo forte! Não sabia que o era, pois tratado como bastardo, fora submetido à séculos de violência, escravidão, animalização e invisibilidade. .Havia também os filhos legítimos, humanos, complexos (não precisavam ser fortes, não precisavam se ver como povo)! Aos olhos de todos os deuses, eram todos Grandes Irmãos! .Mas os legítimos […]

Categorias
Frantz Fanon

FANON ERA MARXISTA? Contribuições à um debate que nem deveria existir

“Mas afinal, Frantz Fanon era marxista? Como pode um pan-africanista, crítico radical do ocidente, ser marxista? Essa pergunta, que seria impensável há algumas décadas, tem surgido com uma força notável em nossas dias. Neste artigo, tento respondê-la, mas argumento que a questão principal não deveria ser o enquadramento teórico do referido autor, mas a investigação rigorosa de suas contribuições, a saber: “a análise concreta da situação concreta” nas sociedades coloniais, e em consequência, da sociedade capitalista como um todo. A pergunta sobre a filiação de Frantz Fanon se insere no contexto de uma disputa em torno de seu pensamento. A disputa essa que assume dimensão de treta entre o ANTICOLONIAL, o PÓS-COLONIAL e o DECOLONIAL, no entanto, a treta tem sido pautada por certo reducionismo do pensamento de autor ao se basear, muitas vezes, na mobilização de fragmentos de sua teoria para fundamentar projetos próprios, muitas vezes, alienígenas às preocupações do próprio autor. Veja o texto na íntegra

Categorias
Reflexões

As vezes, a crítica à crítica da crítica é apenas, ausência de autocrítica: Sobre a realeza negra, a psicanálise e a crítica ao duplo narcisismo.

Essa porra é um campo minado  / quantas vezes eu pensei em me jogar daqui / mas aí, minha área é tudo que eu tenho  / minha vida é aqui / eu não consigo sair / é muito fácil fugir / mas eu não vou / não vou trair quem eu fui e quem eu sou (Racionais […]

[Prefácio] Violência e sociedade: o racismo como estruturante da sociedade e da subjetividade

Faustino, Deivison. Prefácio. Silva, Maria Lúcia; Farias, Marcio; Ocariz, Maria Cristina; Neto, Augusto Stiel (Orgs). Violência e Sociedade: o racismo como estruturante da sociedade e da subjetividade do povo brasileiro. – São Paulo: Escuta, 2018 Acesse o prefácio em pdf aqui

Categorias
Sem categoria

vídeos sobre assuntos diversos

Curso de Formaçao: África, Racismo e Luta de Classes (sindicato Metalúrgicos do ABC – 2013) aula 1: A desconstrução da África Mítica aula 2: Os Grandes Reinos Africanos aula 3: Racismo e Luta de Classes aula 4: O racismo no Brasil aula 5: Lutas Africanas: África e suas diásporas aula 6: A luta dos trabalhadores […]

Lançamento virtual do livro: “A disputa em torno de Frantz Fanon”

Em 20 de Julho de 2020, quando Frantz Fanon faria 95 anos, a Editora Intermeios lançará o livro “A disputa em torno de Frantz Fanon: a teoria e a política em torno dos fanonismos contemporâneos”, que além de contar com o prefácio de Valter Silvério, é o primeiro título da coleção Africamundi.

Categorias
Artigos Reflexões

MARCHAR OU NÃO MARCHAR? EIS A QUESTÃO!

Estamos divididos! Mas o maniqueísmo aqui deve ser evitado […] Se você decidiu não ir, não responsabilize a vítima… mas se você decidir ir, não esqueça das medidas possíveis de segurança contra o vírus e outras ameaças, porque seguimos os mais vulneráveis

Categorias
COVID19's_writing Reflexões

NÃO É SOBRE A “ANTIFA”, É SOBRE NÓS, PATRÍCIO!

Tem uma modinha (acompanhada de mapeamento logarítmico) na viralização dos filtros Antifas? Tem! Há um receio legítimo de se invisibilizar novamente a pauta racial ou se repetir a indignação performática adotada pela ex-querda no caso Marielle? Óbvio! Tem uma disputa nojenta de narrativa em torno de bandeiras altamente subversivas como “Antifa”, “Black Lives Matter”, “Cadê […]

Categorias
COVID19's_writing

SEJAMOS HONESTOS AS RUAS SÃO PRECIOSAS DEMAIS PARA ABANDONÁ-LAS AOS PERVERSOS

ESTAMOS VIVENDO UM DAQUELES MOMENTOS DECISIVOS DA HISTÓRIA. Aquele ponto a partir do qual, nada mais será como antes. A pergunta que está aberta neste momento é qual a intensidade da piora ou se há chances de reverter o jogo. […] as ruas são preciosas demais para serem abandonadas e, em alguns momentos, arriscar-se em defesa da vida é mais nobre do que entrega-la à morte certa…

Categorias
Reflexões

OS SIGNIFICADOS DE SER UM(A) INTELECTUAL NEGRO(A)

UMA DISCUSSÃO ACERCA DO QUE SIGNIFICA SER UM(A) INTELECTUAL NEGRO(A)
Entrevistadores: Fernando Baldraia (FU-Berlin/Mecila) e Marcello Felisberto Morais de Assunção (DLCV-USP)
Entrevistados: Adélia Mathias, Muryatan Barbosa, Natasha A. Kelly, Deivison Mendes Faustino, Uhuru Phalafala e Marcus Vinicius Rosa

Categorias
COVID19's_writing

ABRAÇOS ESTÃO PROIBIDOS MAS A VALA É COMUM

A marcha fúnebre prossegue em Manaus (da foto), mas não apenas… onde os corpos, jogados em valas comuns (pois não há mais espaço nos cemitérios), são regados apenas pelas lágrimas de no máximo cinco parentes por velório… .Em outros cantos (inclusive os mais ricos do país) a capacidade das UTIs chegam beiram o limite enquanto a quantidade de infectados e necessitados de hospitalização segue aumentando… (Cont….)

Categorias
COVID19's_writing Poesias

Nostalgia

Malungo, que saudade loka daquelas aulas e bate-papos deliciosamente sensuais em quem a gente joga um jogo de dentro com os/as presentes ao falar e ser falado em sincronia com os seus movimentos e expressões corporais, olhares, críticas, dúvidas, complementos, interrupções e outras rasteirinhas dialógicas e dialéticas que nos deslocam para além de nós mesmos! .Desejo […]

Categorias
COVID19's_writing

O Coronavirus e a Periferia, Live

Live: “O Coronavírus e a quarentena que não chega na Periferia: O que fazer?” Terça-feira (07/04/2020) às 19h, dialogamos sobre o texto e que traz o tema “O Coronavírus e a quarentena que não chega na Periferia: O que fazer?”, publicado no dia 17 de Março de 2020, quando o Brasil já contabilizava 291 casos […]

Categorias
COVID19's_writing

O novo imperialismo e a disputa por insumos

PRONTO, O THE WALKING DEAD COMEÇOU, já faz um tempo, ÓBVIO! A GUERRA DE TODOS CONTRA TODOS vai aos poucos se desenhando e, com ela, a rapinagem em larga escala por recursos básicos de sobrevivência… Só não podíamos prever (mal informado que estávamos, já que a história só surpreende quem nada dela entende) que a rapinagem de feitio cinematográfico seria levada a cabo pelos próprios Estados Nacionais.

Categorias
COVID19's_writing

Quem não pode parar, Cara Pálida?

CRIMINOSO, DESONESTO E IRRESPONSÁVEL!!! Enquanto eles fazem passeata em carrões nadando em álcool em gel e convênios prime, pedem que nós, pretos e pobres sigamos expostos aos busões e trens lotados para morrermos ou infectarmos os nossos familiares enquanto os servimos..

Categorias
COVID19's_writing

Pare, simplesmente pare!

PARE, SIMPLESMENTE PARE!!!…
NÃO ESTAMOS BEM!!! Nenhum de nós está! (…) Estamos sofrendo!
A estrutura está cedendo com o peso da ambição e o egoísmo de todos nós (…) vocês me escutam agora?
Nós quebramos o frenético porto de ilusões e obrigações que impedia-nos de erguer os olhos para os céus (…)

Categorias
COVID19's_writing Reflexões Saúde

O Coronavírus e a quarentena que não chega na Periferia: O que fazer?

Este texto foi publicado, originalmente, no dia 17 de março de 2020, quando o Brasil já contabilizava 291 casos confirmados e uma morte por complicações provocadas por COVID-19. À esta altura a maioria dos casos (57%) ainda eram “importados” (aqueles contraídos fora do país) e 32% oriundos de transmissão local (adquiridos no contato com o […]

Categorias
Educação Reflexões

Memórias de um MC: relatos de uma caminhada a partir do hip hop militante

Por Deivison Nkosi O artigo que se segue, apesar de ter sido publicado em 2017, foi escrito em 2012, como Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) na disciplina Sociologia Urbana, do  Programa de Pós-graduação em Sociologia da Universidade Federal de São Carlos (PPGS-UFSCar), oferecida pelo Prof. Gabriel Feltran. A ocasião da escrita foi marcada, em primeiro […]

Categorias
Frantz Fanon

SARTRE, FANON E A DIALÉTICA DA NEGRITUDE: DIÁLOGOS ABERTOS E AINDA PERTINENTES

Nesta comunicação problematizo as influências do filósofo francês Jean Paul Sartre (1905-1980) para o pensamento do psiquiatra martinicano, ativista anticolonial Frantz Omar Fanon (1925-1961) bem como as aproximações e diferenças teóricas entre ambos diante de temas como colonialismo, violência, negritude e dialética. Inicio a discussão apresentando alguns referenciais teóricos que compuseram o pensamento fanoniano, destacando […]